USO DO EXTRATO DE ALGAS (Ascophyllum nodosum) NA PRODUÇÃO DE MUDAS DE MARACUJAZEIRO-AMARELO

  • Lenilton Alex de Araújo Oliveira
  • Glêidson Bezerra de Góes
  • Isabel Giovanna Costa e Melo Melo
  • Maria Eugênia da Costa
  • Roseano Medeiros da Silva UFERSA

Abstract

O objetivo deste trabalho foi testar a eficiência do uso de um composto comercial (ACADIAN®) à base da alga Ascophyllum nodosum na produção de mudas de maracujazeiro-amarelo. Utilizou-se o delineamento em blocos casualizados com cinco tratamentos e quatro repetições com 18 plantas por parcela experimental. Os tratamentos consistiram de doses crescentes de 0; 2; 4; 6 e 8 ml/l do produto comercial aplicado via esguicho, sendo sete ml da solução preparada a quantidade utilizada por cada unidade experimental, as mudas foram plantadas em bandejas de 162 células de polietileno preto utilizando-se como substrato comercial a casca de pinus carbonizada. Aos 35 dias após a emergência foram avaliadas as variáveis: diâmetro do colo, comprimento da parte aérea, número de folhas e comprimento do sistema radicular. A dose de 4ml/L do produto derivado de algas A. nodosum (Acadian®) mostrou-se eficiente na produção de mudas de maracujazeiro-amarelo em bandejas com substrato de casca de pinus carbonizada.

Downloads

Download data is not yet available.

Author Biography

Roseano Medeiros da Silva, UFERSA
Possui Graduação em Engenharia Agronomica pela Universidade Federal Rural do Semi-Àrido - UFERSA (2010). Tem experiência na área de Agronomia, com ênfase em Adubação, Manejo e Tratos culturais em Fruticultura Tropical. Atualmente e Mestrando do Programa de Pós-Graduação em Agronomia - Fitotecnia da UFERSA.
Published
2011-06-05
How to Cite
OLIVEIRA, L. A. DE A.; GÓES, G. B. DE; MELO, I. G. C. E M.; COSTA, M. E. DA; SILVA, R. M. DA. USO DO EXTRATO DE ALGAS (Ascophyllum nodosum) NA PRODUÇÃO DE MUDAS DE MARACUJAZEIRO-AMARELO. Revista Verde de Agroecologia e Desenvolvimento Sustentável, v. 6, n. 2, p. 01 - 04, 5 Jun. 2011.
Section
Technical Note