Acúmulo de clorofila e produção de biomassa em hortelã-verde sob diferentes níveis de adubação orgânica

Authors

  • Tiago Alves Ferreira Universidade Federal do Tocantins
  • Edgard Henrique Costa e Silva Universidade Federal do Tocantins
  • Michelli Medeiros Cabral Ribeiro Universidade Federal do Tocantins
  • Prínscilla Pâmela Nunes Chaves Universidade Federal do Tocantins
  • Ildon Rodrigues do Nascimento Universidade Federal do Tocantins

Abstract

O cultivo de plantas medicinais assume importância mundial devido à demanda exercida pelas indústrias químicas, farmacêuticas, alimentares e de cosméticos. Entre as plantas medicinais, a Mentha spicata L., apresenta óleo essencial de grande interesse econômico. A aplicação de esterco bovino curtido melhora as condições físicas do solo, além de fornecer nutrientes para as plantas. Nutrientes que contribuem para diversos processos metabólicos no vegetal. Dentre estes, a síntese e manutenção de pigmentos. Este trabalho teve como objetivo avaliar a produção de massa fresca de folhas, massa fresta total os teores de clorofila de plantas de hortelã verde da Mentha spicata L., sob cultivo com diferentes doses de esterco bovino na Universidade Federal do Tocantins - Campus Universitário de Gurupi. Os tratamentos constituíram-se de sete doses de esterco (0, 25, 50, 75, 100, 150 e 300 kg m²), com três repetições. O resultado para tais condições de cultivo recomenda-se 16,3 kg m2 de esterco bovinoquando o objetivo é a produção de massa fresca de folhas, e 19,47 kg  m2 de esterco bovino para obtenção de uma maior produção de massa fresca da parte aérea(folhas com talos). Já os resultados sobre o fornecimento de nutrientes via adubação orgânica mostraram não tem efeito sobre os teores de clorofila total, clorofila a, clorofila b e a relação clorofila a/b. 

Downloads

Download data is not yet available.

Author Biographies

Tiago Alves Ferreira, Universidade Federal do Tocantins

Discente de Agronomia, tendo interese pelos seguintes temas: Olericultura, Agricultura Familiar e Produção de Mudas.

Edgard Henrique Costa e Silva, Universidade Federal do Tocantins

Técnico em Agropecuária com Habilitação em Agricultura, Agroindústria e Zootecnia pelo Instituto Federal Goiano - Campus Ceres (2008). Cursa Agronomia pela Fundação Universidade Federal do Tocantins - UFT. Em intercâmbio acadêmico pela modalidade Graduação Sanduíche, com bolsa do Programa BRAFAGRI/CAPES, no curso de Horticultura, na Universidade Agrocampus Ouest em Angers, França.

Michelli Medeiros Cabral Ribeiro, Universidade Federal do Tocantins

Graduada em Engenharia Agrônomica pela Fundação Universidade Federal do Tocantins (2003), mestre em Extensão Rural pela Universidade Federal de Viçosa (2007/2009). Tem experiência na área de Agronomia, assistência técnica e social em assentamentos rurais, produção de mudas, reposição florestal e agroecologia.

Prínscilla Pâmela Nunes Chaves, Universidade Federal do Tocantins

Graduanda em Engenharia Agronômica pela Universidade Federal do Tocantins, atualmente trabalha com Melhoramento Genético em Hortaliças.Bolsista de Iniciação Científica - UFT

Ildon Rodrigues do Nascimento, Universidade Federal do Tocantins

Possui graduação em Agronomia pela Universidade do Tocantins (2001), mestrado em Agronomia (Fitotecnia) pela Universidade Federal de Lavras (2002) e doutorado em Agronomia (Genética e Melhoramento de Plantas) pela Universidade Federal de Lavras (2005). Atualmente é professor Adjunto III da Fundação Universidade Federal do Tocantins - UFT. É membro do Comitê Interno de Avaliação de projetos PIBIC (desde de 2008) e do Colegiado do Curso de Mestrado em Produção Vegetal da UFT (desde de 2009). Tem experiência na área de Agronomia/Genética e Melhoramento Vegetal/Fitotecnia/Olericultura, trabalhando principalmente com as culturas do tomate, pimentão, alface e batata-doce. É bolsista de produtividade em pesquisa do CNPq.

Published

27-03-2013

How to Cite

FERREIRA, T. A.; COSTA E SILVA, E. H.; CABRAL RIBEIRO, M. M.; NUNES CHAVES, P. P.; NASCIMENTO, I. R. do. Acúmulo de clorofila e produção de biomassa em hortelã-verde sob diferentes níveis de adubação orgânica. Revista Verde de Agroecologia e Desenvolvimento Sustentável, [S. l.], v. 7, n. 5, p. 41–45, 2013. Disponível em: https://www.gvaa.com.br/revista/index.php/RVADS/article/view/1390. Acesso em: 30 may. 2024.

Most read articles by the same author(s)