Resposta do silício em condições de estresse salino em feijão caupi variedade Gurgéia

  • Anatercia Ferreira Alves
  • Karina Fernandes Carvalho
  • Antõnio Anicete de Lima
  • Andrea Ferreira Alves
  • Tiago Alves Ferreira

Abstract

Conduziu-se um experimento em casa de vegetação do Departamento de Ciência do Solo da Universidade Federal de Lavras com o objetivo de avaliar o efeito do silício na produção de matéria seca na cultura de feijão caupi variedade Gurgéia, submetidas a estresse salino. Adotou-se esquema fatorial em delineamento inteiramente casualizado, com 4 repetições e duas plantas por vaso de 3 L de capacidade, em que o primeiro fator referiu-se aos níveis de  NaCl (0; 25; 50; 100 e 150 mmol.L-1) e o segundo  aos níveis de SiO2 (0 e 50 mg.L-1). As soluções foram renovadas em intervalos de 15 dias e aos 90 dias após a semeadura, as plantas foram colhidas e separadas em parte aérea, vagens e raízes, em seguida foram secas para determinação da produção de matéria seca. Observou-se que a adição de silício na dose de 50 ml.L -1 de solução nutritiva contendo NaCl  diminuiu o teor de matéria seca na parte aérea e raíz, com exceção das vagens. Na ausência de silício, a produção de matéria seca nas raízes e parte aérea foram maiores nas mesmas condições de estresse salino e em baixas concentrações de NaCl. A produção de matéria seca foi estimulada na ausência de silício.

Downloads

Download data is not yet available.
Published
2014-12-08
How to Cite
ALVES, A. F.; CARVALHO, K. F.; LIMA, A. A. DE; ALVES, A. F.; FERREIRA, T. A. Resposta do silício em condições de estresse salino em feijão caupi variedade Gurgéia. Revista Verde de Agroecologia e Desenvolvimento Sustentável, v. 9, n. 5, p. 124 - 128, 8 Dec. 2014.