PROCESSING AND STABILITY OF MIXED JELLY OF WATERMELON AND TAMARIND

Authors

  • Rafaella Martins de Araújo Ferreira UFERSA
  • Edna Maria Mendes Aroucha UFERSA
  • Aline Ellen Duarte de Sousa UFV
  • Dalila Regina Mota de Melo UFERSA
  • Frederico Silva Thé Pontes Filho UFERSA

Keywords:

Citrullus vulgaris S., Tamarindus indica L., brix, acidez

Abstract

O presente trabalho teve por objetivo avaliar a conservação da geléia mista de melancia e tamarindo através de parâmetros físico-químicos durante o armazenamento. Foi utilizado o delineamento de blocos casualizados, em esquema fatorial 3x4, com três repetições. Sendo três tempos de armazenamento (0, 30 e 60 dias) e quatro formulações de geléias: F1 (100% melancia), F2 (75% melancia: 6% tamarindo), F3 (75% melancia: 12% tamarindo) e F4 (12% tamarindo), todas com a proporção de polpa e açúcar de 1:0,5 e concentração final de sólidos solúveis de 68%. As geléias foram armazenadas à temperatura ambiente (28ºC), e avaliadas de acordo com parâmetros visuais e fisico-químicos (pH, sólidos solúveis, acidez total e ácido ascórbico). Os dados das variáveis estudadas foram submetidos à análise de variância e suas médias comparadas pelo teste de Tukey ao nível de 5% de probabilidade. A formulação F3 (75% melancia: 12% tamarindo) foi a geléia que obteve maior estabilidade para os parâmetros fisico-químicos avaliados.

Downloads

Download data is not yet available.

Published

27-05-2010

How to Cite

FERREIRA, R. M. de A.; AROUCHA, E. M. M.; SOUSA, A. E. D. de; MELO, D. R. M. de; PONTES FILHO, F. S. T. PROCESSING AND STABILITY OF MIXED JELLY OF WATERMELON AND TAMARIND. Revista Verde de Agroecologia e Desenvolvimento Sustentável, [S. l.], v. 5, n. 3, p. 59–62, 2010. Disponível em: https://www.gvaa.com.br/revista/index.php/RVADS/article/view/306. Acesso em: 15 jun. 2024.

Issue

Section

ARTICLES

Most read articles by the same author(s)

1 2 3 4 > >>