Estudo morfobiométrico de abelhas jandaíra (Melípona subnitida duck) criadas em cortiços racionais no município de São João do Rio do Peixe – PB

  • Whalamys Lourenço de Araújo UFCG
  • Divane de Lima Aleixo
  • Patrício Borges Maracajá
  • Rosilene Agra da Silva
  • Luciano Almeida Barros

Abstract

Em virtude da grande disseminação da abelha Jandaíra em diversas regiões do Nordeste brasileiro, este trabalho teve por objetivo realizar um estudo morfobiométrico desta espécie de melipona, criada em cortiços artificiais no município de São João do Rio do Peixe – PB, com a finalidade de verificar a viabilidade do modelo da chave entomológica proposta por pesquisadores já consagrados em Entomologia, diante das características morfobiométricas apresentadas por estas abelhas. A pesquisa foi dimensionada em um meliponário presente na região Sertaneja Paraibana, num total de 30 abelhas, de 10 distintos cortiços. A espécie em estudo, de acordo com a chave entomológica utilizada, pertence ao gênero Melipona e subgênero Melipona s.str., depois do confronto das características e descritas e as encontradas no inseto, o que demonstrou a eficácia da chave para identificação das abelhas criadas no sertão, que por sua vez apresentaram, em média, 8,85 mm de Comprimento Transversal; 3,38 mm de Comprimento Longitudinal; 7,84 mm de Pernas Coletoras; 6,99 mm de Asas Anteriores; 5,18 mm de Asas Posteriores e por fim 0,0520 mg de Peso Médio, além de características distintas da espécie em sua morfologia externa. Há uma necessidade de se estudar a variabilidade genética através de análises moleculares para uma melhor compreensão da diversidade e dinâmica dessas populações de insetos, bem como fazer uma revisão mais ampla dos subgêneros, em se tratando de morfologia descritiva.

Downloads

Download data is not yet available.
Published
2015-06-12
How to Cite
ARAÚJO, W. L. DE; ALEIXO, D. DE L.; MARACAJÁ, P. B.; SILVA, R. A. DA; BARROS, L. A. Estudo morfobiométrico de abelhas jandaíra (Melípona subnitida duck) criadas em cortiços racionais no município de São João do Rio do Peixe – PB. Revista Verde de Agroecologia e Desenvolvimento Sustentável, v. 9, n. 5, p. 73 - 77, 12 Jun. 2015.