LEVANTAMENTO E CARACTERIZAÇÃO DA ARTROPODOFAUNA EDÁFICA EM CLONE TP361 DE Eucalyptus urograndis EM ALAGOAS

  • Elmadã Pereira Gonzaga Universidade Federal de Alagoas
  • Mariana Oliveira Breda Universidade Federal de Alagoas
  • Maria Eugênia Vieira Xavier Universidade Federal de Alagoas
  • Thales Ferreira dos Santos Universidade Federal de Alagoas
  • Camila Alexandre Cavalcante de Almeida Universidade Federal de Alagoas
  • Fernanda da Silva Gonçalves Universidade Federal de Alagoas
  • Matheus Barros Rodrigues Universidade Federal de Alagoas
  • Jakeline Maria dos Santos Universidade Federal de Alagoas
Palavras-chave: armadilha de solo, análise faunística, entomologia florestal.

Resumo

A fauna edáfica é caracterizada por uma comunidade de organismos que vivem permanentemente, ou que passam uma ou mais fases de seu desenvolvimento no solo, desempenhando importantes funções no ecossistema. Portanto, o conhecimento e caracterização da fauna edáfica em povoamentos florestais de Eucalyptus spp. constitui uma ferramenta base essencial para o desenvolvimento de programas de Manejo Integrado de Pragas Florestais. Dessa forma, o objetivo do presente estudo foi realizar o levantamento e a caracterização da artropodofauna edáfica no clone TP361 em povoamento florestal de Eucalyptus urograndis. O estudo foi conduzido numa área de aproximadamente 2,5 ha, localizada no Campus de Engenharias e Ciências Agrárias da Universidade Federal de Alagoas no município de Rio Largo, Alagoas. Para o levantamento, foram realizadas coletas mensais com armadilha de solo tipo pitfall, instaladas nas entrelinhas do povoamento florestal em talhões do clone TP361, onde, foram utilizadas cinco armadilhas/coleta, no período de dezembro/2017 a dezembro/2018. As avaliações eram realizadas sete dias após a instalação das armadilhas em campo. Durante o levantamento foram coletados 1.801 indivíduos, distribuídos em 13 ordens e 38 famílias. As ordens Hymenoptera, Hemiptera, Orthoptera e Araneae apresentaram famílias com índices de frequência, abundancia e constância mais significativos. Na ordem Hymenoptera, se destacou o gênero Atta com dominância, apresentando-se muito abundante, muito frequente e constante, além de outros indivíduos da família Formicidae, que se mostram super dominante, super abundante, super frequente e constante. Na ordem Hemiptera, a família Cicadellidae se destacou das demais, por apresentar dominância, muita abundância, muita frequência e serem constante. Em Orthoptera, as famílias que se destacaram foram Acrididae e Gryllidae ambas apresentando-se como dominante, muito abundante, muito frequente e constante. A ordem Araneae mostrou-se dominante, muito abundante, muito frequente e constante durante todo período de avaliação na área estudada.
Publicado
2020-05-25
Como Citar
Gonzaga, E. P., Breda, M. O., Xavier, M. E. V., Santos, T. F. dos, Almeida, C. A. C. de, Gonçalves, F. da S., Rodrigues, M. B., & Santos, J. M. dos. (2020). LEVANTAMENTO E CARACTERIZAÇÃO DA ARTROPODOFAUNA EDÁFICA EM CLONE TP361 DE Eucalyptus urograndis EM ALAGOAS. Caderno Verde De Agroecologia E Desenvolvimento Sustentável, 10(1), e09. Recuperado de https://www.gvaa.com.br/revista/index.php/CVADS/article/view/7812
Seção
SIMPÓSIO EM PROTEÇÃO DE PLANTAS