Qualidade pós-colheita de beterraba submetida à adubação com biofertilizante fermentado

  • José Ricardo Tavares de Albuquerque Universidade Federal de Campina Grande
  • Anderson dos Santos Formiga
  • Thayse Cavalcante da Rocha
  • Franciscleudo Bezerra da Costa
  • Ancélio Ricardo de Oliveira Gondim
Palavras-chave: Beta vulgaris L. cv. Katrina, tubérculos, adubação orgânica

Resumo

O cultivo de beterraba com biofertilizante consiste em uma alternativa potencial para produção em escala familiar, sendo necessário, contudo avaliar a qualidade de produção. Assim objetivou-se avaliar a qualidade pós-colheita de beterraba submetida á adubação com biofertilizante fermentado. O experimento foi realizado na área experimental do Centro de Ciências e Tecnologia Agroalimentar da Universidade Federal de Campina Grande, Câmpus de Pombal-PB, durante o período de setembro a dezembro de 2013, em solo classificado como Argissolo Vermelho-Amarelo Câmbico. O delineamento experimental utilizado foi o inteiramente casualizado. Os tratamentos corresponderam à aplicação de dois tempos (20 e 40 dias de fermentação do biofertilizante) com três repetições. Foram utilizados seis tubérculos por parcela, selecionados conforme uniformidade de tamanho. Os tempos de fermentação do biofertilizante não influenciaram nas características físicas e químicas avaliadas, a exceção do teor de vitamina C e dos compostos fenólicos, que foram maiores para o biofertlizante fermentado até 40 dias e Íons H+ até 20 dias de fermentação. O uso de novas formulações de biofertilizante em estudos futuros será importante para melhor elucidar a influência deste modelo de adubação sobre a qualidade pós-colheita de beterraba.

Beet postharvest quality subjected to fertilization with fermented biofertilizer

Abstract: The beet cultivation with biofertilizer consists of a potential alternative to production in family scale, if necessary, but assess the quality of production. Thus aimed to evaluate the beet postharvest quality will undergo fertilization with fermented biofertilizer. The experiment was conducted in the experimental area at the Centre for Science and Agrifood Technology, Federal University of Campina Grande, Campus de Pombal-PB, during the period September to December 2013 in soil classified as Red-Yellow Cambic Argisol. The experimental design was completely randomized. The treatments were the application of two times (20 and 40 days of fermentation biofertilizer) with three replications. Six tubers per plot were used, selected according to uniform size. The biofertilizer fermentation time did not affect the physical and chemical characteristics evaluated, the exception of vitamin C and phenolic content which were higher biofertlizante fermented for up to 40 days and H+ ions up to 20 days of fermentation. The use of new biofertilizer formulations will be important in future studies to further elucidate the influence of this fertilization model on post-harvest beet quality.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2015-09-21
Seção
CIÊNCIAS AGRÁRIAS