TAXA INSTANTÂNEA DE CRESCIMENTO POPULACIONAL DE Tetranychus bastosi TUTTLE, BAKER & SALES (ACARI: TETRANYCHIDAE) EM BATATA-DOCE

  • Renata Pereira de Lima Universidade Federal de Alagoas
  • Fernanda da Silva Gonçalves Universidade Federal de Alagoas
  • Dallisson Philipe da Silva Universidade Federal de Alagoas
  • Thales Ferreira dos Santos Universidade Federal de Alagoas
  • Mariana Oliveira Breda Universidade Federal de Alagoas
Palavras-chave: Ipomoea batatas, Solanaceae, ácaro tetraniquídeo, crescimento populacional

Resumo

Tetranychus bastosi Tuttle, Baker & Sales, 1977 (Acari: Tetranychidae) é uma espécie com ocorrência restrita ao Brasil e já foi relatado infestando 36 espécies de plantas, entre ornamentais, frutíferas, leguminosas e plantas espontâneas. Sua ocorrência foi registrada nas regiões Nordeste, Sudeste, Centro-Oeste, Norte e no Distrito Federal, sendo a região Nordeste a mais abundante em número de plantas hospedeiras, entretanto pouco se sabe sobre seu crescimento populacional em espécies de importância agrícola para a região. Sendo assim, esse trabalho objetivou-se determinar a taxa instantânea de crescimento populacional (ri) desse ácaro em batata-doce, Ipomoea batatas L. (Solanaceae). Para o bioensaio, discos de folhas de 3,0 cm (Ø) contornados com algodão umedecido foram colocados em arenas contendo espuma de polietileno®. Em cada disco foram liberadas cinco fêmeas de T. bastosi obtidas da criação estoque. A arena foi mantida em câmara climatizada tipo BOD a 25°C de temperatura, 70 ± 2% de umidade relativa e 12h de fotofase, o delineamento experimental foi inteiramente casualizado com dez repetições. Após 10 dias, foi realizada a contagem do número de ácaros (estágios imaturos e adultos) presente em cada disco, além do número de ovos depositados. A taxa instantânea de crescimento populacional (ri), foi determinada através da formula ri= ln(Nf/No)/ΔT, em que Nf é o número final de ácaros; No é o número inicial de ácaros; e ΔT é o tempo de bioensaio. Os dados foram submetidos a análise de variância (ANOVA) e as médias comparadas através do teste de Tukey a 5% de probabilidade, utilizando o programa estatístico SAS. O crescimento da população de T. bastosi sobre I. batatas, apresentou valores positivo de ri (0,3508±0,0109) e população total de 175,4±16,8. Esses valores indicam que T. bastosi se desenvolve e reproduz em uma taxa significativamente alta em batata-doce, podendo ser considerado um possível entrave fitossanitário para essa cultura.
Publicado
2020-05-25
Como Citar
Lima, R. P. de, Gonçalves, F. da S., Silva, D. P. da, Santos, T. F. dos, & Breda, M. O. (2020). TAXA INSTANTÂNEA DE CRESCIMENTO POPULACIONAL DE Tetranychus bastosi TUTTLE, BAKER & SALES (ACARI: TETRANYCHIDAE) EM BATATA-DOCE. Caderno Verde De Agroecologia E Desenvolvimento Sustentável, 10(1), e05. Recuperado de https://www.gvaa.com.br/revista/index.php/CVADS/article/view/7738
Seção
SIMPÓSIO EM PROTEÇÃO DE PLANTAS