FATORES PSICOLÓGICOS RELACIONADOS AO COMETIMENTO DO CRIME: PROBLEMAS PSÍQUICOS COMO PROPULSORES DA CRIMINALIDADE

  • Larissa Almeida Sarmento UFCG
  • Vanessa Érica da Silva Santos Universidade Federal de Campina Grande
  • Herika Juliana Linhares Maia UFCG
  • Giliard Cruz Targino UFCG
  • Luiza Fernanda Leal Avelino UFCG

Resumo

Este artigo tem como objetivo analisar as problemáticas que influenciam na formação de uma mente inclinada à criminalidade, com foco em fatores de cunho essencialmente psicológico e observância ao particular desfecho jurídico para os casos de disfunções, a fim de contribuir com o estudo da criminologia e, através da compreensão das motivações psíquicas dos criminosos e consequências jurídicas para as psicopatologias, desencadear um possível meio de redução e prevenção de práticas delituosas de caráter grave. Para tanto, utilizou-se método de abordagem dedutivo e procedimento monográfico e comparativo, introduzindo-se conceitos acerca do consciente e inconsciente, além de mecanismos da ação humana, estabelecendo base para abordar alguns dos elementos que mais induzem à delinquência: a infância traumática e as psicopatologias. Por conseguinte, trata-se das disfunções sob o aspecto penal nacional, examinando o tratamento divergente da justiça brasileira a respeito de distúrbios distintos e tomando, em síntese, avaliações conclusivas que apontam para uma possibilidade de precaver a expansão da criminalidade por meio da contribuição científica da psicologia criminal, concentrando-se em criminosos conscientes e no período da infância.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Larissa Almeida Sarmento, UFCG
Graduanda em Direito pela Universidade Federal de Campina Grande - Centro de Ciências jurídicas e Sociais
Vanessa Érica da Silva Santos, Universidade Federal de Campina Grande
Advogada, Professora Substituta da UFCG, Professora da UNIFIP, Especialista em Direito do Trabalho pela UNOPAR, em Direito Penal e Processo Penal pela UFCG e em Gestão Pública pelo IFPB; Mestra em Sistemas Agroindustriais pela UFCG.

 

Herika Juliana Linhares Maia, UFCG
Graduada em Direito pela UFCC.Especialista em Direito Ambiental-UNINTER. Mestre e Doutora pelo Programa Interdisciplinar em Recursos Naturais -UFCG. Professora da Faculdade São Francisco da Paraíba-Fasp. Professora do UNIFIP.
Giliard Cruz Targino, UFCG
Graduado em Ciências Jurídicas e Sociais - Direito pela Universidade Federal de Campina Grande – UFCG, Mestre em Sistemas Agroindustriais pela Universidade Federal de Campina Grande – UFCG
Luiza Fernanda Leal Avelino, UFCG
Graduanda em Direito pelo Centro de Ciências Jurídicas e Sociais da Universidade Federal de Campina Grande – UFCG
Publicado
2020-04-29
Como Citar
Sarmento, L. A., Santos, V. Érica da S., Maia, H. J. L., Targino, G. C., & Avelino, L. F. L. (2020). FATORES PSICOLÓGICOS RELACIONADOS AO COMETIMENTO DO CRIME: PROBLEMAS PSÍQUICOS COMO PROPULSORES DA CRIMINALIDADE. Revista Brasileira De Direito E Gestão Pública, 8(2), 156-168. Recuperado de https://www.gvaa.com.br/revista/index.php/RDGP/article/view/7868
Edição
Seção
Artigos

Artigos mais lidos pelo mesmo (s) autor (es)

1 2 3 > >>