O PATRIARCADO COMO UM FATOR DE RISCO CRIMINAL: UMA BREVE ANÁLISE DO COMPORTAMENTO DO AGRESSOR NO FEMINICÍDIO

  • Emilly de Oliveira Silva UFCG
  • Patrícia Janaína Ventura de Lima UFCG
  • Vanessa Érica da Silva Santos Universidade Federal de Campina Grande
  • Gilcivan dos Santos Pereira Pereira UFCG
  • Giliard Cruz Targino UFCG

Resumo

O presente artigo traz uma análise acerca da cultura patriarcal como elemento fundante nos casos de feminicídio no Brasil. Sendo ele uma construção social interventor dos papéis de gênero, acarretando desigualdade, preconceito e violência. Tratando do sistema patriarcal é necessário vislumbrar o poder admitido ao homem, e a inferioridade imposta à mulher. Evidencia-se ainda brevemente sobre a idiossincrasia do agressor conforme o que determina o patriarcado, estabelecendo uma relação de dominação e exploração. Além disso, ressalta-se em relaçãoà aplicabilidade da lei e a educação como mecanismos de minimizar e, em longo prazo, erradicar a violência. Para tal, a pesquisa foi realizada com o intuito de refletir e questionar acerca das raízes do patriarcado, relacionando-o com as várias formas de violência acometidas contra as mulheres, tendo o femicídio como a última forma de violência. O artigo foi produzido a partir da pesquisa bibliográfica, respaldada em livros, artigos periódicos e dissertações. Quanto ao método de abordagem, deriva do sócio-histórico na busca de compreender o fenômeno social em sua complexidade e no horizonte da totalidade, e o processo de investigação resulta do método histórico, compreendendo as estruturas e acontecimentos em questão.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Emilly de Oliveira Silva, UFCG
Graduanda em Ciências Jurídicas e Sociais - Direito pela Universidade Federal de Campina Grande – UFCG
Patrícia Janaína Ventura de Lima, UFCG
Graduanda em Ciências Jurídicas e Sociais - Direito pela Universidade Federal de Campina Grande – UFCG
Vanessa Érica da Silva Santos, Universidade Federal de Campina Grande
Advogada, Professora Substituta da UFCG, Professora da UNIFIP, Especialista em Direito do Trabalho pela UNOPAR, em Direito Penal e Processo Penal pela UFCG e em Gestão Pública pelo IFPB; Mestra em Sistemas Agroindustriais pela UFCG.

 

Gilcivan dos Santos Pereira Pereira, UFCG
Graduanda em Ciências Jurídicas e Sociais - Direito pela Universidade Federal de Campina Grande – UFCG
Giliard Cruz Targino, UFCG
Graduado em Ciências Jurídicas e Sociais - Direito pela Universidade Federal de Campina Grande – UFCG, Mestre em Sistemas Agroindustriais pela Universidade Federal de Campina Grande – UFCG
Publicado
2020-04-30
Como Citar
Silva, E. de O., Lima, P. J. V. de, Santos, V. Érica da S., Pereira, G. dos S. P., & Targino, G. C. (2020). O PATRIARCADO COMO UM FATOR DE RISCO CRIMINAL: UMA BREVE ANÁLISE DO COMPORTAMENTO DO AGRESSOR NO FEMINICÍDIO. Revista Brasileira De Direito E Gestão Pública, 8(2), 193-203. Recuperado de https://www.gvaa.com.br/revista/index.php/RDGP/article/view/7904
Edição
Seção
Artigos

Artigos mais lidos pelo mesmo (s) autor (es)

1 2 3 > >>