A guarda compartilhada como instrumento eficaz na redução da alienação parental

  • Damiana Tavares da Silva
  • Dayanna Klyvia Firmino Vieira Rosendo
  • Josélia Fernandes de Almeida
  • Thalita Livia Melo Barbosa
  • Giliard Cruz Targino

Resumo

A alienação parental é problema recorrente com a ruptura da sociedade conjugal de forma litigiosa. Para amenizar as consequências trazidas por esta situação foi instituído o Instituto da Guarda Compartilhada através da Lei nº 13.058/2014. O objetivo deste trabalho é analisar os efeitos e as consequências da guarda compartilhada em detrimento da redução dos casos de alienação parental com a utilização da referida modalidade. Na pesquisa fez-se uso da técnica de elaboração bibliográfica, pois o embasamento teórico foi realizado por meio de doutrinas e periódicos que tratam da temática, quanto ao objetivo exploratória, já quanto ao método de abordagem dedutivo, já que parte de uma ideia geral para uma ideia particular. Por fim, a guarda compartilhada é a modalidade preferencial escolhida pelos juízos, tendo em vista os benefícios apresentados para a parte mais vulnerável.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2022-01-08
Como Citar
Silva, D. T. da, Rosendo, D. K. F. V., Almeida, J. F. de, Barbosa, T. L. M., & Targino, G. C. (2022). A guarda compartilhada como instrumento eficaz na redução da alienação parental. Revista Brasileira De Direito E Gestão Pública, 9(4), 419-435. Recuperado de https://www.gvaa.com.br/revista/index.php/RDGP/article/view/9231
Edição
Seção
Artigos

Artigos mais lidos pelo mesmo (s) autor (es)

1 2 3 4 5 > >>