Prevenção da transmissão de patógenos por manipuladores de alimentos

Palavras-chave: Manipuladores de alimentos, Segurança dos alimentos, Microrganismos, Treinamento,

Resumo

O objetivo desta pesquisa foi investigar as formas de prevenção da transmissão de patógeno por manipuladores de alimentos. Este trabalho utilizou uma abordagem qualitativa, mediante uma pesquisa bibliográfica, utilizando dados secundários oriundos de publicações e resultados de pesquisas específicas sobre o assunto realizando uma síntese explicativa sobre a prevenção da transmissão de patógenos por manipuladores de alimentos. As doenças transmitidas por alimentos é uma preocupação de saúde pública a nível mundial. E dentre agentes mais frequentes causadores de DTA’s estão os microrganismos de origem bacteriana como, a Salmonella spp, Escherichia coli, Staphylococcus aureus, Shigella spp, Bacillus cereus e Clostridium perfringens e destacam-se os alimentos de origem animal. Cabe destacar que a maioria dos manipuladores de alimentos necessita de maiores informações relacionadas à qualidade higiênica sanitária durante a fabricação dos produtos, e uma das maneiras de fornecer alimentos seguros é a realização de programas de educação continuada para esses profissionais. Conclui-se que o treinamento dos manipuladores de alimentos ainda é a melhor forma de contribuir para que estas pessoas se conscientizem sobre a sua responsabilidade e tenham cuidado no processamento do alimento.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Mirza de Souza Conceição, Faculdade Redentor
Trabalho de Conclusão do Curso de Pós-Graduação em Qualidade, Auditoria e Vigilância Sanitária dos Alimentos (Faculdade Redentor). Graduada em Nutrição (Unifoa).
Kamila de Oliveira do Nascimento, UFRRJ
Nutricionista, Doutoranda em Ciência e Tecnologia de Alimentos - UFRRJ
Publicado
2015-03-28
Seção
ARTIGOS DE REVISÃO